Benefícios + como usar o óleo essencial de Tea Tree

Marcela Rodrigues -

Também conhecido como melaleuca, o tea tree é o canivete suíço dos óleos essenciais. Suas múltiplas propriedades o tornam indicado para diversas funções: de anti-caspa a curinga nos desodorantes caseiros. Entenda por que esse OE é tão essencial e saiba como usá-lo no dia a dia

O tea tree é destilado da planta melaleuca, de origem australiana (Foto: óleosessenciais.org)

O tea tree é destilado da planta australiana melaleuca (Foto: óleosessenciais.org)

 

Destilado das folhas da Melaleuca, uma planta nativa do sul da Austrália, o tea tree (ou melaleuca) é um dos óleos essenciais mais versáteis do universo da aromaterapia. O forte aroma herbal e canforado faz com que ele, muitas vezes, seja até renegado por quem desconhece suas poderosas funções.

“Ele tem propriedades antifúngicas, antibacterianas, antibióticas e antissépticas”, afirma a aromaterapeuta Beatriz Yoshimura,  diretora da Aromalife e fundadora da Aromaflora (Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Aromaterapia).

“O meu primeiro contato com esse óleo não foi puro, mas por meio de um sabonete natural. Eu tenho pele oleosa, e o vendedor me recomendou. Quando comecei a me interessar por aromaterapia, foi o primeiro que comprei”, relata a designer Patricia de Michelis, autora do blog Óleos {são} essenciais. “Comecei a usá-lo em espinhas, sobretudo nas do tipo internas, aplicando-o puro sobre elas. Mas ele é muito forte e o ideal é sempre diluí-lo. Então, passei a misturar com o óleo essencial de lavanda, que está liberado para ser aplicado diretamente na pele. Uso o tea tree para tudo. Pretendo até começar incluí-lo em produtos de limpeza caseiros”, completa.

“Justamente por sua popularidade, muitas lojas comercializam o tea tree adulterado. Neste caso, ele seria até prejudicial” alerta a aromaterapeuta. É preciso muito cuidado ao escolher o produto.”

Entenda porque ele merece espaço na maleta de primeiros socorros, no nècessaire de viagem e até entre os produtos de limpeza!

{{ O que você precisa saber antes de usá-lo…}}

óleo tea tree na saúde

Funções psicológicas: estimulante, refrescante, revitalizante, purificante, protetor.

Dilua antes de aplicar: “O tea tree é um OE muito forte e pode causar reações alérgicas em quem tem a pele muito sensível”, avisa a aromaterapeuta Beatriz Yoshimura. Dilua em óleo vegetal ou em uma parte igual de óleo essencial de lavanda. “Eu adoro diluir em óleo de maracujá, cujo aroma é mais suave”, comenta Patricia de Michelis.

Dupla perfeita: “Nunca devemos combinar óleos essenciais de funções opostas. O OE de lavanda é uma boa opção”, sugere Beatriz.

Contra-indicações: alergias dermatológicas podem ocorrer se o óleo estiver adulterado. Desaconselha-se o seu uso nos três primeiros meses de gestação e, mesmo depois disso, é bom ter um acompanhamento especializado.

Preço médio: R$ 36.

{{ Como usar: o tea tree nos cuidados pessoais }}

Dor de garganta e aftas: pingue, eu um copo com água, 1 gota do óleo. “Faça um bochecho de 2 a 3 vezes ao dia apara amenizar a  infecção. “Muito cuidado: nunca devemos engolir”, alerta Beatriz Yoshimura.

Nos cabelos: antisséptico, bactericida e fungicida, ele é indicado para caspa e dermatites. Dilua duas gotas do óleo essencial no shampoo.

No desodorante: nas receitas de desodorantes artesanais, como esta aqui, o tea tree impede a proliferação de bactérias que causam o odor.

(Foto: Shutterstock )

(Foto: Shutter )

Anti-infecção: pingue até cinco gotas numa tigela com água quente. Cubra a cabeça com uma toalha e respire o valor por 5 minutos.

Proteção: o tea tree é ótimo para manter a imunidade alta. Dica: quando for passar muito tempo em locais aglomerados, pingue duas gotas em um lenço, leve-o com você e inale algumas vezes. “Ele mata os germes”, explica Beatriz.

Espinhas: “Coloco direto sobre a lesão ou misturo com o óleo essencial de lavanda, que pode ser aplicado diretamente na pele. Passo com um cotonete”, sugere Patricia. Sabonetes com este óleo essencial na fórmula também valem a pena.

 

Xô micose: dilua o tea tree em óleo de lavanda meio a meio e aplique no local.

Candidíase: a sabedoria popular sugere que uma gota na calcinha de algodão ajudaria a combater esse problema. Eu mesma arrisquei usar algumas vezes e considero que foi eficaz! Mas a aromaterapeuta, porém, alerta que pode causar irritação local!

Foliculite: “Tenho problema de foliculite, pelos que encravam devido ao atrito com roupas justas e tecidos sintéticos, nas pernas. Aplico uma mistura de tea tree e óleo de calêndula, que também é antisséptico, anti-inflamatório e cicatrizante”, recomenda Patrícia.

Herpes: dilua o tea tree em óleo vegetal de copaíba a 5% para furúnculos e herpes labial.

{{ O tea tree na limpeza da casa }} 

O óleo de tea tree é um aliado na tentativa de utilizar produtos de limpeza menos nocivos à natureza . “Ele tem efeito bactericida e fungicida, por isso se mostra  um excelente ingrediente para as receitinhas caseiras de limpeza”, afirma Rafael Krause, diretor da Herbia Cosméticos Orgânicos.

Limpador multiuso: adicione cinco gotas de óleo para cada uma colher de álcool de cereais. Use para bancadas da cozinha, banheiros, vidros, geladeiras e até chão!

Para combater o mofo: experimente adicionar algumas gotas numa garrafa de água tipo spray e borrifar em lugares propensos.

Nas louças: basta adicionar algumas gotas no detergente líquido (biodegradável, de preferência).

{ÀS COMPRAS}

{{ Óleos essenciais }}

Este slideshow necessita de JavaScript.

{{ Itens de cuidados pessoais com OE de tea tree na formulação }}

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

38 Comentários
  • fatima valeria giovannnini nery

    Responder

    nossa achei muito legal esses oleos mais estou com medo …boa niote obrigada gostaria de saber como comprar…

    • Marcela Rodrigues

      Querida, não tenha medo. Os óleos promovem bem-estar e cura. Mas, para usar com segurança, procure uma terapeuta. Aonde você mora? beijos

  • black and white kitten names the letter U

    Responder

    Antif ngico, o leo essencial pode ajudar a tratar infec es vaginais. Usado em banhos de assento ou aplica o. Aplique duas gotas de leo essencial puro no meio do absorvente ou no topo do tamp o. Deixe de tr s a quatro horas. o nico leo que pode ser usado puro desta maneira. Para essa aplica o, o leo essencial de tea tree mais saud vel, ecol gico e sustent vel por substituir os produtos qu micos, tornando-se tamb m econ mico.

  • Clea

    Responder

    Boa tarde! Qual a proporção dos óleos para o tratamento de foliculite? Gostaria de saber se é realmente eficaz, pois já recorri a muitos tratamentos!
    Bjs

  • Majo Mafei

    Responder

    Serve para queda drastica de cabelos?tks

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Majo. Se a queda é drástica, com certeza tem algum motivo, digamos, de “dentro para fora”. Toda queda de cabelo pode ter muitos motivos, de ações mecânicas (como tratamentos com químicas e penteados) até alterações hormonais. Com certeza a aromaterapia é um ótimo complemento ,mas se esse caso que você citou como drástico é o seu, vale procurar um dermato/nutrólogo, quem sabe…Beijos!

  • Majo Mafei

    Responder

    Bom

  • Solange delboni

    Responder

    Olá você já ouviu falar em tratamento de olho de peixe com esse óleo?

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Solange. Nunca ouvi. Sugiro você acessar o canal do André Ferraz ou da Aromaflora, são canais com profissionais sérios e que vão poder orientá-la! : ) Beijos

  • Luccio

    Responder

    Olá , me orientaram a diluir o óleo de tea tree na água e toma lo pr infecções. Nunca me fez mau. Mas vi em algum comentário vc orientando a não toma lo. Posso continuar ou paro?

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Luccio. Peço desculpas pela demora na resposta – confesso que seu comentário passou por mim e, só hoje, vi que estava pendente. Bom, penso que o uso oral do OE deve ser feito sob a orientação de uma aromaterapeuta, viu. É mais seguro! um abraço, Marcela

  • Sophia

    Responder

    Adorei suas dicas! Gostaria de saber se vc recomenda o óleo de tea tree da the body shop?

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Sophia. Obrigada! A The Body Shop é uma marca de cosméticos, e não de aromaterapia. Portanto, para este item, eu não recomendaria a marca não (não sou contra a marca, mas no caso desse item, eu não usaria). É que eu uso somente óleos essenciais puros ( o que é diferente de essência) e de marcas tradicionais no mercado de aromaterapia, como Cativa, Bioessência, Lazlo…Há várias, vale fazer uma pesquisa, pois a procedência do OE é bem importante!
      Um beijo,
      Marcela

  • Ramon Augusto Deschamps

    Responder

    Boa tarde!
    Estou com suspeita de fungo (na regiao da face) e achei este seu blog aonde falasse muito bem deste oleo, sera que pode me ajudar?
    Minha face fica quente, vermelha, com erupçoes e em alguns momentos com coceira… estou deseperado, nao tenho plano de saude, pelo SUS estou agaurdando marcarem minha consulta….
    estou com medo deste “fungo” dominar meu rosto todo, você ja conheceu algum caso parecido?
    sera que vai me ajuda?

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Ramon. Neste caso, em que você já tem uma manifestação da pele, talvez o uso precise ser diferente. O ideal é você procurar uma aromaterapeuta. Assim a especialista poderá fazer um acompanhamento com você. Acredito muito nos óleos essenciais! A cura está na natureza! Boa sorte!

  • Débora

    Responder

    Eu estou com candidise como devo usar o óleo de melaleuca. Obrigado

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Débora. Eu já usei gotas de óleo essencial de melaleuca na calcinha quando passava por isso. Não me fez mal, porém, hoje, muitos estudos apontam que pode causar irritação, viu. Então não uso mais. Vale muito cortar qualquer tipo de açúcar (doces, carboidratos…), isso ajuda muito! : )

  • Arthos

    Responder

    Ola, gostaria de saber com precisao, por favor, quantas gotas devo usar de cada um dos oleos, o de Tea Tree com Lavanda, pois segundo o dermatogolista estou com uma alergia que parece ser fungos. Deve-se usar os dois oleos puros? Ou se nao, que outro oleo vegetal deveria misturar? E com bicarbonato? Ja agradeço desde ja.

  • Marlene Antônia de Jesus

    Responder

    Olá,moro em Curitiba e comecei a fazer flores artificiais que por causa da cola muito forte me deu muita irritação na garganta e uma amiga que já usa esse produto(melaleuca)há tempos me apresentou e passou um pouco na minha mão e a reação foi instantânea ,senti um alívio incrível.Gostaria de saber se tem limites para usá-lo e qual é ?estou sempre com um lencinho por perto para sentir seu cheiro tão agradável e quero saber se posso deixar perto da minha cabeceira na hora de dormir .Obrigado antecipado.
    Marlene A. de Jesus -Curitiba/Pr

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Marlene. Tudo bem? Que legal que vocÊ se deu bem com ele. Acredito que a relação com os óleos é muito intuitiva também, sabe. Se cheirou e não gostou, nem vale a pena insistir na relação rs. Mas, olha, não sei como vocÊ está usando exatamente, mas nenhum OE é indicado aplicar diretamente na pele (só o de Lavanda). Observe se não lhe causa nenhuma reação…(coceirinha na garganta, por exemplo rs). Acho que o limite maior é este sabe. Inalar é uma boa opção, mas não sei se antes de dormir é o ideal. Ele pode acabar te deixando muito “em alerta”, sabe! À noite, costumo pingar uma única gotinha de OE de lavanda ou laranja-doce no travesseiro (ou pingar no chão do box na hora do banho). Um beijo, Marcela

  • Graci

    Responder

    Boa tarde. No caso de uma ferida aberta que está demorando muito pra curar como posso usar o óleo?
    Obrigada, Graci.

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Graci. Puxa, eu tenho mais conhecimento para usar os OEs na cosméticas, tanto que esta lista foi feita com uma especialista. Neste caso, sugiro que você procure uma aromaterapeuta. Acho mais seguro, sabe. Vc quer indicação de uma aromaterapeuta? Boa sorte e um beijo, Marcela

  • Arlene Lins

    Responder

    Bom dia ! Lactentes podem usar óleo melaleuca ?

  • Renata

    Responder

    Usei o Tea Tree para curar a pele de minha filha contra Molusco Contagioso. Onde a terapia indicada por dermatologistas era a cauterização a frio. Parei a cauterização e usei o óleo diluído.

  • Lisiane Zamprogna

    Responder

    Para dermatite atopica em uma criança de 4 anos posso usar? Como?

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Lisiane. No caso de crianças, penso que vale ter um acompanhamento de perto com uma aromaterapeuta. Assim ela vai analisar seu caso e contexto com cuidado. Beijos, Marcela

  • Janeida Alves

    Responder

    Boa tarde! Como uso o óleo para tratamento de micose de unha?

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Janeida. Para uma indicação dessas, é preciso entender seu caso, o contexto no qual esta micose surgiu, e vê-la de pertinho. O óleo de melaleuca pode ajudá-la, sim. Mas sugiro procurar uma terapeuta perto de você.
      Um beijo,
      Marcela

  • Lucy

    Responder

    Ótimo texto! Realmente a melaleuca é muito versátil.
    Eu estou produzindo óleo essencial de melaleuca, cultivo orgânico, no meu sítio. Facebook e instagram: oficina do campo
    Estou à disposição se precisarem.

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Lucy! Que bacana – e uma honra – poder produzir óleos essenciais, né. Onde fica seu sítio?
      Um abraço,
      Marcela

  • Luizin

    Responder

    to pensando em comprar esse óleo essencial de Tea Tree pra diluir um pouco com Puro Gel de Aloe Vera da Live Aloe pra usar como pós barba. o q acha?

    • Marcela Rodrigues

      Oi. O Gel de aloe é um bom veículo. Cuidado apenas com excessos. Vc sabe manipular bem a quantidade de OE com o veículos carreador? E que tal adicionar lavanda também!?

  • CarolineBernardo

    Responder

    será que posso misturar com o oléo essencial de jasmin? quero usar no combate as espinhas

    • Marcela Rodrigues

      Oi, querida. Misturar em que caso, em séruns? É um óleo mais raro e com efeito tônico e cicatrizante, assim como o melaleuca. Porém é bem mais delicado. Um não substitui o outro. Depende do seu objetivo e como vai aplicar.
      Um beijo

  • Marileide Alves

    Responder

    Boa noite Marcela! Gostaria de saber como usar Melaleuca nas lesões de Hidradenite Supurativa. Aguardo retorno.

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Marileide. Tudo bem? Pelo que sei, a hidradenite é uma espécie de inflamação crônica na pele. Neste caso, acho importante você fazer um tratamento com uma aromaterapeuta perto de você. Ela vai poder te indicar dosagens e uma estratégia eficaz. Afinal, cada caso é um caso. Se precisar de indicações, me diga que te ajudo a encontrar alguém. Um beijo e boa sorte

  • Ariana Aparecida

    Responder

    Oi Boa noite! Gostaria de saber quantas vezes posso fazer o uso do óleo de melaleuca na minha face,estou tratando das espinhas,e eu já estou usando e não estou diluindo em nada.
    É perigoso 😘 muito obrigada pelo seu carinho conosco Marcela Rodrigues 😍❤

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Ariana. Tudo bem? Bem-vinda por aqui! : ) O único óleo que é indicado (mesmo assim, cada caso é um caso) diretamente na pele é o de lavanda. No caso do melaleuca, que é bem forte, o ideal é diluir em um veículo carreador óleo de semente de uva e copaíba são boas opções. Mas você está usando na face inteira? Ou somente nas espinhas?
      Aliás, neste caso de espinhas, já usou argila verde? é uma boa opção!
      Espero ter clareado a sua dúvida!
      Um beijo!

O que achou? Conte pra gente!