Benefícios + como usar o óleo essencial de Tea Tree

Marcela Rodrigues -

Também conhecido como melaleuca, o tea tree é o canivete suíço dos óleos essenciais. Suas múltiplas propriedades o tornam indicado para as mais diversas funções: de anti-caspa a curinga nos desodorantes caseiros. Entenda por que esse OE é tão essencial e como usá-lo no dia a dia

O tea tree é destilado da planta melaleuca, de origem australiana (Foto: óleosessenciais.org)

O tea tree é destilado da planta australiana melaleuca (Foto: óleosessenciais.org)

 

Destilado das folhas da Melaleuca, uma planta nativa do sul da Austrália, o tea tree (ou melaleuca) é um dos óleos essenciais mais versáteis do universo da aromaterapia. O forte aroma herbal e canforado faz com que ele, muitas vezes, seja até renegado por quem desconhece suas poderosas funções.

“Ele tem propriedades antifúngicas, antibacterianas, antibióticas e antissépticas”, afirma a aromaterapeuta Beatriz Yoshimura,  diretora da Aromalife e fundadora da Aromaflora (Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Aromaterapia).

“O meu primeiro contato com esse óleo não foi puro, mas por meio de um sabonete natural. Eu tenho pele oleosa, e o vendedor me recomendou. Quando comecei a me interessar por aromaterapia, foi o primeiro que comprei”, relata a designer Patricia de Michelis, autora do blog Óleos {são} essenciais. “Comecei a usá-lo em espinhas, sobretudo nas do tipo internas, aplicando-o puro sobre elas. Mas ele é muito forte e o ideal é sempre diluí-lo. Então, passei a misturar com o óleo essencial de lavanda, que está liberado para ser aplicado diretamente na pele. Uso o tea tree para tudo. Pretendo até começar incluí-lo em produtos de limpeza caseiros”, completa.

“Justamente por sua popularidade, muitas lojas comercializam o tea tree adulterado. Neste caso, ele seria até prejudicial” alerta a aromaterapeuta. É preciso muito cuidado ao escolher o produto.”

Entenda porque ele merece espaço na maleta de primeiros socorros, no nècessaire de viagem e até entre os produtos de limpeza!

{{ O que você precisa saber antes de usá-lo…}}

óleo tea tree na saúde

Funções psicológicas: estimulante, refrescante, revitalizante, purificante, protetor.

Dilua antes de aplicar: “O tea tree é um OE muito forte e pode causar reações alérgicas em quem tem a pele muito sensível”, avisa a aromaterapeuta Beatriz Yoshimura. Dilua em óleo vegetal ou em uma parte igual de óleo essencial de lavanda. “Eu adoro diluir em óleo de maracujá, cujo aroma é mais suave”, comenta Patricia de Michelis.

Dupla perfeita: “Nunca devemos combinar óleos essenciais de funções opostas. O OE de lavanda é uma boa opção”, sugere Beatriz.

Contra-indicações: alergias dermatológicas podem ocorrer se o óleo estiver adulterado – com eucalipto, por exemplo. Desaconselha-se o seu uso nos três primeiros meses de gestação e, mesmo depois disso, é bom ter um acompanhamento especializado.

Preço médio: R$ 36.

{{ Como usar: o tea tree nos cuidados pessoais }}

Dor de garganta e aftas: pingue, eu um copo com água, 1 gota do óleo. “Faça um bochecho de 2 a 3 vezes ao dia apara amenizar a  infecção. “Muito cuidado: nunca devemos engolir”, alerta Beatriz Yoshimura.

Nos cabelos: antisséptico, bactericida e fungicida, ele é indicado para caspa e dermatites. Dilua duas gotas do óleo essencial no shampoo.

No desodorante: nas receitas de desodorantes artesanais, como esta aqui, o tea tree impede a proliferação de bactérias que causam o odor.

(Foto: Shutterstock )

(Foto: Shutter )

Anti-infecção: pingue até cinco gotas numa tigela com água quente. Cubra a cabeça com uma toalha e respire o valor por 5 minutos.

Proteção: o tea tree é ótimo para manter a imunidade alta. Dica: quando for passar muito tempo em locais aglomerados, pingue duas gotas em um lenço, leve-o com você e inale algumas vezes. “Ele mata os germes”, explica Beatriz.

Espinhas: “Coloco direto sobre a lesão ou misturo com o óleo essencial de lavanda, que pode ser aplicado diretamente na pele. Passo com um cotonete”, sugere Patricia. Sabonetes com este óleo essencial na fórmula também valem a pena.

 

Xô micose: dilua o tea tree em óleo de lavanda meio a meio e aplique no local.

Candidíase: a sabedoria popular sugere que uma gota na calcinha de algodão ajudaria a combater esse problema. Eu mesma arrisquei usar algumas vezes e considero que foi eficaz! Mas a aromaterapeuta, porém, alerta que pode causar irritação local!

Foliculite: “Tenho problema de foliculite, pelos que encravam devido ao atrito com roupas justas e tecidos sintéticos, nas pernas. Aplico uma mistura de tea tree e óleo de calêndula, que também é antisséptico, anti-inflamatório e cicatrizante”, recomenda Patrícia.

Herpes: dilua o tea tree em óleo vegetal de copaíba a 5% para furúnculos e herpes labial.

{{ O tea tree na limpeza da casa }} 

O óleo de tea tree é um aliado na tentativa de utilizar produtos de limpeza menos nocivos à natureza . “Ele tem efeito bactericida e fungicida, por isso se mostra  um excelente ingrediente para as receitinhas caseiras de limpeza”, afirma Rafael Krause, diretor da Herbia Cosméticos Orgânicos.

Limpador multiuso: adicione cinco gotas de óleo para cada uma colher de álcool de cereais. Use para bancadas da cozinha, banheiros, vidros, geladeiras e até chão!

Para combater o mofo: experimente adicionar algumas gotas numa garrafa de água tipo spray e borrifar em lugares propensos.

Nas louças: basta adicionar algumas gotas no detergente líquido (biodegradável, de preferência).

{ÀS COMPRAS}

{{ Óleos essenciais }}

Este slideshow necessita de JavaScript.

{{ Itens de cuidados pessoais com OE de tea tree na formulação }}

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

9 Comentários
  • fatima valeria giovannnini nery

    Responder

    nossa achei muito legal esses oleos mais estou com medo …boa niote obrigada gostaria de saber como comprar…

    • Marcela Rodrigues

      Querida, não tenha medo. Os óleos promovem bem-estar e cura. Mas, para usar com segurança, procure uma terapeuta. Aonde você mora? beijos

  • black and white kitten names the letter U

    Responder

    Antif ngico, o leo essencial pode ajudar a tratar infec es vaginais. Usado em banhos de assento ou aplica o. Aplique duas gotas de leo essencial puro no meio do absorvente ou no topo do tamp o. Deixe de tr s a quatro horas. o nico leo que pode ser usado puro desta maneira. Para essa aplica o, o leo essencial de tea tree mais saud vel, ecol gico e sustent vel por substituir os produtos qu micos, tornando-se tamb m econ mico.

  • Clea

    Responder

    Boa tarde! Qual a proporção dos óleos para o tratamento de foliculite? Gostaria de saber se é realmente eficaz, pois já recorri a muitos tratamentos!
    Bjs

  • Majo Mafei

    Responder

    Serve para queda drastica de cabelos?tks

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Majo. Se a queda é drástica, com certeza tem algum motivo, digamos, de “dentro para fora”. Toda queda de cabelo pode ter muitos motivos, de ações mecânicas (como tratamentos com químicas e penteados) até alterações hormonais. Com certeza a aromaterapia é um ótimo complemento ,mas se esse caso que você citou como drástico é o seu, vale procurar um dermato/nutrólogo, quem sabe…Beijos!

  • Majo Mafei

    Responder

    Bom

  • Solange delboni

    Responder

    Olá você já ouviu falar em tratamento de olho de peixe com esse óleo?

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Solange. Nunca ouvi. Sugiro você acessar o canal do André Ferraz ou da Aromaflora, são canais com profissionais sérios e que vão poder orientá-la! : ) Beijos

O que achou? Conte pra gente!