Ultra Violet. Mas poderia chamar de ametista intensa. O tom eleito pela Pantone para 2018 faz referência a um das minhas pedras naturais favoritas – ou só eu lembrei da ametista ao olhar para esse roxo intenso, meio místico, súper sedutor?!

E não é à toa.

“Historicamente, tem uma qualidade mística. A cor é freqüentemente associada a práticas de atenção plena, que oferecem uma base maior para aqueles que buscam refúgio do mundo super estimulado de hoje. O uso de iluminação de tons roxos em espaços de meditação e outros lugares de encontro dinamiza as comunidades que se reúnem e inspiram conexão”, explica Leatrice Eiseman, especialista em cores e executiva do instituto Pantone.

Colar com pingente de ametista, da Misfit

Boa notícia: quando a Pantone define uma cor – e a empresa faz isso anualmente -, a eleita passa a influenciar lançamentos em todos os setores, da moda à decoração, naquela temporada. Eu, que já amo itens com pedra ametista (tenho drusas pela casa, colares…) – estou só esperando pelas novidades. Ao longo desse artigo, por exemplo, usei imagens de peças que já estão conectadas à proposta do Ultra Violet – com tanta rapidez nas informações, ninguém vai esperar o ano que vem, né!

Blusa de algodão,da Yogini

 

Pigmento cor Lilac, da Simple Organic

Independente de significado, a ametista, pra mim, traz sensação de proteção e confiança – tenho joias, acessórios com ela Além de linda, esteticamente, claro.

Poder de transmutar as energias, elevar a frequência do ambiente e trazer concentração estão entre os “poderes” da pedra, também chamada de quartzo violeta.

Se depender da influencia da Ultra Violet, 2018 será bem incrível e cheio de proteção.
Que seja!

Este anel ganhei muitos anos atrás da minha mãe – e perdi

Mais uma que mostra meu amor por ametistas! : )