Gyrotonic – o que é e onde praticar

Marcela Rodrigues -

Um método que realinha a postura, dá consciência corporal, tônus muscular, relaxamento, flexibilidade e equilíbrio mental. Não estamos falando de balé, do pilates, nem do yoga. Tampouco da natação ou  tai chi chuan. Mas do gyrotonic, um método criado nos anos 1970 que, na verdade, é uma junção dos movimentos de todas essas modalidades.

Roberta Quinn, pioneira em trazer o Gyrotonic ao Brasil (Foto: Studio Roberta Quinn)

Roberta Quinn leva o  gyrotonic ao Brasil todo (Foto: Studio Roberta Quinn)

Conheci o gyrotnonic (lê-se: jairotonic) em 2011, ao fazer uma reportagem para o Estadão – Malhação 4 em 1. À primeira vista, o conjunto de aparelhos me remeteu a um tipo de pilates evoluído.  Mas as manivelas, roldanas, polias e tiras de couro possibilitam muito, mas muito mais: uma variedade de movimentos baseados na rotação e torção.

“O gyrotonic fortalece e alonga os músculos eumenta os espaços entre as vértebras”, explica a paulistana Roberta Quinn, a única master trainer de São Paulo, e minha entrevistada da época – e uma pessoa de energia lá em cima que eu adoro!

A Roberta aprendeu a técnica em 2004, quando foi para Nova York tratar de um problema na coluna. De volta ao Brasil,  além das aulas para jovens, idosos, adolescentes e atletas, passou a ministrar workshops pelo Brasil e México.

Recentemente nos encontramos e fiz uma aula tradicional no studio dela, no Itaim, bairro da zona sul de São Paulo, e também uma versão mais acessível, a gyrokinesis, no Parque do Ibirapuera. Essa versão usa somente bancos e pode ser feita em qualquer lugar – ela costuma reunir alunos no Parque. A sensação é de bem-estar total.

(Foto: Roberta Quinn, na minha reportagem para o Jornal da Tarde/Estadão, em 2011)

(Foto: Roberta Quinn, na reportagem para o Jornal da Tarde e no Estadão, em 2011)

{História}

O método foi criado pelo romeno Juliu Horvath, nos anos 1970, para recuperar-se de uma lesão no tendão de Aquiles, o exercício atraía atletas que buscavam reabilitação. Ele foi adaptando os movimentos para que qualquer um pudesse praticar, e a técnica se popularizou. Hoje, no Brasil, há dezenas de instrutores. E mais: hoje, o próprio Horvart   continua disseminando a modalidade em Nova York. Famosas como Gwyneth Paltrow e Madonna já praticaram.

Imagina a vista: gyrokinesis na Buzios House, em Buzios-RJ (Foto: Arquivo pessoal/Roberta Quinn)

Que vista!  Gyrokinesis na Buzios House, em Buzios-RJ (Foto: Arquivo pessoal/Roberta Quinn)

Para alcançar os benefícios, é preciso disciplina. São indicadas duas sessões por semana; cada aula dura 1 hora e pode ser realizada em grupo ou individualmente – os preços variam bem por cidade e região. “Os resultados aparecem em cerca de cinco meses”, diz Roberta. Mas a sensação de bem-estar e de consciência corporal vem bem antes!

roberta quinn guro ibirapuera

{AONDE PRATICAR}

SÃO PAULO-SP | STUDIO ROBERTA QUINN  www.robertaquinn.com.br  | 

CAMPINAS-SP | CORPO E EQUILÍBRIO www.corpoeequilibrio.com

BÚZIOS-RJ  | BÚZIOS HOUSE  www.buzioshouse.com

RIO DE JANEIRO-RJ |GYROTONIC INSTITUTO BRASIL (21) 2511-3388

BELO HORIZONTE-BH |SENTE TERAPIAS CORPORAIS  www.santeterapiascorporais.com.br

RECIFE-PE | ESPAÇO FLEX  (81) 3040-1712, (81) 9924-0070

0 Comentários

O que achou? Conte pra gente!