Alê Luglio, nutricionista e entusiasta das marmitas

Marcela Rodrigues -
Alê Luglio, nutri paulistana entusiasta das marmitas (Foto: divulgação)

Alê Luglio, nutri paulistana entusiasta das marmitas (Foto: divulgação)

Alessandra Luglio é nutricionista há mais de 15 anos ( da musa fitness Gabriela Pugliesi, aliás!).  Quem acompanha a nutri  paulistana nas redes sociais já sabe que ela é a rainha das marmitas! À noite, ela prepara os lanchinhos e refeições da família toda ( do marido e das filhas adolescentes) para o dia seguinte. Alê, como é conhecida, é  entusiasta da comida feita em casa e levada para qualquer lugar. “É tudo uma questão de organização e costume”, avisa ela, que é contra radicalismos na alimentação. Aqui, ela revela os segredos para uma rotina alimentar saudável 24 horas e dá dicas de como montar uma marmita gostosa e prática:

Quais as vantagens de levar as próprias refeições para o trabalho e outros compromissos? Com a vida corrida dos dias atuais, poucas pessoas têm condições de realizar suas refeições em casa. Acabamos comendo mais na rua e, nem sempre, temos opções saudáveis e equilibradas disponíveis. A maior vantagem é a certeza da qualidade do alimento que está consumindo, na quantidade ideal, sem correr o risco de cometer deslizes por falta de opção.

 Você e sua família sempre tiveram esse hábito? Sempre! Trabalho longe da minha casa e tenho uma agenda super apertada, então sempre tive que levar minhas refeições para o consultório. Minhas filhas adolescentes também têm uma rotina corrida, como escola e outras atividades. Normalmente a família inteira sai de casa cedinho e só volta para o jantar.  Deixo tudo separadinho na geladeira e, antes de sair de casa de manhã, coloco tudo na lancheira. Já virou um hábito e não me toma muito tempo, é só questão de se organizar e se habituar.

 Quais alimentos normalmente não faltam na sua lunchbag? Tenho uma estratégia que passo para meus pacientes de sempre combinar proteína com carboidrato em todas as refeições, garantindo o controle do apetite ao longo do dia inteiro. As figurinhas carimbadas da minha lancheira são: iogurte desnatado, fruta, mix de castanhas, sanduíche de pão integral com cottage e uma dose de suplemento de proteína. Também gosto de ter opções diferentes como claras de ovos cozidas, quinua cozida, pasta de tofu, mandioca cozida no vapor, batata doce assada etc. A variedade de alimentos vai depender da minha agenda no dia, mas normalmente levo lanchinho da manhã, almoço e 2 lanches da tarde.

Alê Luglio posta no Instagram suas lancheiras e marmitas (Foto: reprodução)

Alê Luglio posta no Instagram suas lancheiras e marmitas (Foto:reprodução)

10448984_335723113219617_381793324_n

O ideal é ter uma marmita e uma bolsa térmica? O mais importante é ter uma bolsa térmica para garantir a conservação dos alimentos e bolsas de gelo retornáveis para manter a temperatura interna. É importante que o uso de bolsa tenha gelos retornáveis para não correr o risco do gelo derreter e molhar tudo que está na lancheira. A marmita vai depender de que tipo de alimento você vai levar.  

Onde levar os alimentos?  Não há problema nenhum em levar em pote de plástico se a pessoa não for esquentar nesse mesmo recipiente. O ideal é colocar em um prato para levar ao microondas. Se não houver essa possibilidade, o ideal é levar em um pote de vidro para esquentar ou levar opções que possam ser consumidas frias.

Alê Luglio lançou uma linha de bolsas térmicas súper charmosas em parceria com a marca Pacco By

Alê Luglio lançou uma linha de bolsas térmicas super charmosas em parceria com a Pacco By

Logo pela manhã, ela arruma as marmitas na lunch bag de cada membro da família (Foto: reprodução)

Logo pela manhã, ela arruma as marmitas na lunch bag de cada membro da família (Foto:reprodução)

Em geral, as bolsas térmicas comportam os alimentos por quantas horas? Alguma dica para manter a refrigeração? Colocar gelos, por exemplo? Normalmente as bolsas térmicas seguram bem a temperatura com bolsas de gelo por umas 4 horas. Sempre falo ques é preciso uma certa estratégia. Por exemplo, se a pessoa tem uma geladeira disponível no local de trabalho, vale a pena transferir os alimentos mais perecíveis da lancheira para a geladeira. Quem não tem essa possibilidade, precisa fazer algumas escolhas como consumir primeiro os itens mais perecíveis. O ideal é colocar os alimentos na lancheira apenas no momento em que for sair de casa, complementar com uma bolsa de gelo e escolher lancheiras que tenham um bom fechamento, pois isso ajuda a manter a temperatura por mais tempo.

Quais receitas mais legais para serem ingeridas frias mesmo, além de saladas? Gosto muito de wraps, sanduíches, tortas saudáveis e até sopas frias. O atum também é uma boa opção nesses casos.  

E qual a ordem de organização dos alimentos? Eu gosto de levar a salada separada dos demais alimentos, mas tem gente que não se importa de levar tudo em um potinho só. Só é preciso pensar o que você vai querer esquentar e o que vai querer comer frio e evitar que esses alimentos se misturem. Molhos e temperos devem ser adicionados apenas no momento de comer. Se você temperar a salada muito tempo antes pode acabar murchando as folhas.

2 Comentários
  • magali

    Responder

    vc não colocou onde compra ou eu que não acho no site? estou precisando … obrigada

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Magali. Tudo bem?
      Em São Paulo, a loja BENTO STORE vende marmitas e bolsas térmicas bem legais de diferentes marcas. O telefone de lá é o (11) 3085.0479.
      Mas a marca que lançou a lunch bag em parceria com a alê Luglio, a Pacco BY, também vende online (www.paccoby.com.br) e em lojas espalhadas pelo Brasil: http://www.paccoby.com.br/onde-encontrar.php

      Um beijo!

O que achou? Conte pra gente!