Da pele aos cabelos: 9 maneiras de usar o óleo de coco na beleza

Marcela Rodrigues -
Cameron Diaz e Miranda Kerr: óleo de coco na pele

Cameron Diaz e Miranda Kerr: óleo de coco na pele

Já fizemos aqui um raio-x do uso do óleo de coco no dia a dia da alimentação. Mas os benefícios desse superalimento não param por aí. Embora ele não seja um cosmético, há séculos é muito usado como item de beleza na Índia, Indonesia e Filipinas. Por aqui, essa função ficou popular após algumas famosas revelarem que são adeptas: a modelo australiana Miranda Kerr usa como hidratante de pele; as atrizes americanas Camareon Diaz e Gwyneth Paltrow já relevaram em seus sites oficiais que usam para bochechos, enquanto a modelo brasileira Yasmin Brunet usa nos cabelos e no rosto. Eu adoro usar como lip balm e como misturinha para um desodorante caseiro.

Gwyneth Paltrow e Yasmin Brunet

Gwyneth Paltrow e Yasmin Brunet: adeptas do óleo de coco nos cabelos (Fotos: reprodução Instagram)

Palavra de especialista

“O óleo de coco é rico em polifenóis, um antioxidante que ajuda na regeneração da pele e no combate os radicais livres, além de lipídeos, que agem com uma película protetora”, esclarece Roseli Siqueira, cosmetóloga paulistana e entusiasta da cosmética 100% natural. Quem tem pele oleosa não precisa ter medo. “O óleo vai nutrir e dar resistência. Muitas vezes o aparecimento da acne acontece devido, justamente, a falta de resistência”,  explica ela, que também conta sua experiência pessoal. “Alguns anos atrás eu estava na Bahia e comprei óleo de coco dos índios de lá. Passei no corpo e nos cabelos antes de entrar no mar. Como ele cria uma bareia protetora, o efeito foi incrível. Vale para piscina também. Mas a procedência precisa ser boa e o óleo totalmente natural”.

Vale a pena: compartilhar com a sua dermatologista o uso que você faz do óleo de coco na pele.

{ “Certifique-se que o óleo de coco usado é ralmente natural. Se a fórmula tiver  óleo mineral misturado, pode  comprometer  a saúde da pele ” – Roseli Siqueira, cosmetóloga }

Quer experimentar? Use o óleo de coco como…

Demaquilante | Funciona perfeitamente até quanto o alvo é um produto resistente à água – caso de máscaras de cílios e iluminadores. O ideal é aplicar no rosto com os dedos e depois retirar  com a ajuda de um algodão.

Hidratante capilar | Aplique o óleo de coco em todo o comprimento do fio – se você tem cabelos oleosos, mantenha distância de um palmo da raiz. “É um ingrediente antioxidante e, por isso, cria resistência, amenizando a quebra dos fios. Aplique, deixe agir 20 minutos e lave com água em temperatura fria ou morna. Deixe secar ao natural”, ensina Roseli. Não use: antes do secador ou de passar chapinha. Óleo – qualquer um – “frita” os fios.

Máscara facial | Aplique o óleo de coco no  rosto, massageie com movimentos rotativos por 2 minutos. Depois, retire com água. Se a pele for oleosa, basta retirar com um sabonete natural. Outra ideia é aplicarà noite e retirar apenas pela manhã.

Hidratante de cutículas | É só aplicar nas cutículas e massagear. Se as unhas estiverem sem esmalte, massageie-as para dar brilho. Não precisa enxaguar.

Esfoliante | Misture  uma colher de óleo de coco a mesma quantidade de fubá. Aplique no rosto massageando bem. “Se a pele for muito sensível, substituía por aveia em flocos finos”, sugere Roseli Siqueira. A mistura também pode ser usada para esfoliar o corpo. Retire com água morna.

Balm lábial | Aplique antes do batom – vai criar um efeito glossy – ou mesmo à noite, antes de dormir, para que na manhã seguinte a pele dessa região esteja supermacia.

Desodorante  | A nutricionista Luiza Sávêtto usa o produto como desodorante. Aqui, a receita da Cura Pela Natureza. Misture 4 colheres (sopa) de óleo de coco a 2 colheres e meia (chá) de bicarbonato de sódio em uma vasilha. Deixe a mistura na geladeira por 12 horas para que fique solida. Conserve em uma embalagem bem vedada na geladeira. Use da mesma forma que o desodorante industrial, passando um pouco, após o banho, nas axilas.

Enxaguante bucal x clareador | O uso do óleo de coco como clareador dental (por meio de bochechos) tem sido disseminado internet afora. Embora algumas pessoas até apresentem antes e depois, não há evidências científicas. É o que afirmou André Hinsberger, docente do curso de Naturologia e Fitoterapia da Universidade Anhembi Morumbi. Já o uso do óleo para fazer bochechos de limpeza faz, sim, todo o sentido. “O óleo de coco tem um ácido graxo chamado ácido laúrico, que tem ação antibacteriana”, diz. Segundo Hinsberger, a melhor forma de utilizar é fazer bochecho  com uma colher de sopa do óleo de coco de 15 a 20 minutos. O volume na boca vai dobrar com a salivação. Depois é cuspir e escovar os dentes”, ensina.

Pós-sol | A atriz Gwyneth Paltrow usa o óleo de coco para hidratar a pele do corpo e do rosto após um banho de mar. A cosmetóloga Roseli Siqueira aprova. “Ele é antioxidante e súper hidratante. Vai atuar como um pós-sol natural.”

 

6 Comentários
  • Joana Vilma

    Responder

    Nossa, nunca havia pensado dessa maneira. Muito bom mesmo! Parabéns

    • Marcela Rodrigues

      Obrigada, querida. Se usar uma das dicas, me conta depois.
      Beijos

  • thalyta

    Responder

    so nao entendi a parte de passar o oleo de coco antes de ir pro mar, ficar no sol.. normalmente é perigossisimo usar oleo siliconado, mineral pra ir a praia pois o sol frita os fios com o oleo. não acontece o mesmo com o de coco?

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Thalyta. Tudo bem?
      De fato, óleo siliconado e mineral, sob o sol, é bem ruim sim. Por isso é importante saber se o óleo de coco que você adquiriu tem boa procedência e é realmente 100% vegetal. Se for orgânico e extravirgem, mais seguro ainda.
      Um beijo.

  • Cassemiro

    Responder

    Ola, em primeiro lugar quero te parabenizar por esse maravilhoso trabalho que vem disinvolvendo ao longo desse tempo. eu ja venho acompanhando seu site e se trabalho algum tempo! e voçe esta de parabéns com o seu site e seus artigos! Sempre que posso eu estou la dando uma conferida e aprendendo mais com seus posts. Quero ver mais artigo sobre esse assunto?

    • Marcela Rodrigues

      Oi! Sou grata por acompanhar e partilhar seu interesse no tema. Volte sempre : ) Um beijo, Marcela

O que achou? Conte pra gente!