Banho com o ritual “De Corpo e Alma”

Marcela Rodrigues -

O banho, pra mim, é um dos rituais de beleza mais energéticos que existem. É sob o chuveiro que descarrego as energias, danço livre, renovo as células da pele, choro, dou risada, me desapego do que me faz mal como quem deixa ir a sujeira pelo ralo. Cuido de mim mesma com toda a gentileza que o amor-próprio pode proporcionar.

Nas minhas folgas eles são mais conscientes e com produtinhos que ajudam a criar um momento relax. E por isso que a Sublime Rituais de setembro não poderia ser mais a minha cara – na verdade a de outubro será 100%, aguardem uma box totalmente ligada ao nosso propósito!! Com tema Corpo e Alma, a box desse mês veio recheada de itens que não podem faltar no meu banheiro, e outros que experimentei pela primeira vez.

sublime-rituais-setembro-ritual-relax-corpo-e-alma-banho

Box Sublime Rituais de setembro: inspiração para um banho relax e holístico (Foto: aNaturalíssima)

Hoje, 7 de setembro, não haveria dia melhor para abrir a box corpo e alma. Fui conferir o conteúdo depois da minha prática de yoga, e fiz algo essencial para trazer um elemento importante a qualquer ritual: a presença. Ainda no tapetinho, abri cada produto, senti o aroma, reparei nas cores e meditei no que cada um poderia me trazer de bom – seja na matéria ou na energia sutil.

Chuveiro aberto, vamos ao ritual!

ESFOLIANTE CORPORALSacerdotisa – Os cristais de quartzo renovam as células com delicadeza e, enquanto o óleo de coco regula o PH da pele, e o time de óleos essenciais de lavanda e capim limão atuam no campo vibracional: o primeiro relaxa e o segundo traz clareza mental. Em movimentos circulares, apliquei no corpo todo sobre a pele  molhada. Não está como indicação no rótulo, mas como já estava acostumada a usar cristais de quartzo no rosto, esfoliei essa região também.

ÓLEO CORPORAL, Bio Vegan – Tem óleo de goji berry e quinoa, que nutrem profundamente e deixam uma camada aveludada sobre a pele. O óleo essencial de lavanda acalma e também é anti-inflamatório. Usei aplicando-o em todo o corpo molhado – já no final do banho -, e retirando o excesso com um último enxágue.

BANHO DE CHEIRO, Chuá – Essa água composta de elementos naturais é feita para ser usada após o banho convencional para perfumar – o aroma é bem sutil – e energizar. Usei despejando sobreco corpo enquanto mentalizava palavras boas: paz, amor, presença, aceitação, gratidão…

ÁGUA FLORAL, Bioart – Funcional e versátil, a água floral é indicada para todos os tipos de pele e tem efeitos antisséptico, anti-inflamatorio, demaquilante e ainda pode ser usada sob o sol. Contém óleo de capim limão e extrato de camomila. Como estava bem frio tomei banho com a água bem quentinha, usei para acalmar a pele do rosto, que costuma ficar avermelhada após o banho. A sensação foi de alívio – e o cheirinho é incrível.

HIDRATANTE FINALIZADOR, Quintal Terra de Cores – Arrematei o ritual passando o hidratante clareador na face que veio em uma amostrinha. Gostei da textura.

MEU TOQUE PESSOAL AO RITUAL: Coloquei música – Luar, um canto para yemanjá súper feminino; e Bela Flor, da Maria Gadu. Estas não saem da playlist de banho. Também pinguei algumas gotas de óleo essencial de gerânio no cantinho do box. O vapor da água quente levante o aroma e o banheiro fica um encanto!

Em tempo, bom banho!

0 Comentários

O que achou? Conte pra gente!