Ayurveda & Beleza: dicas que aprendi com uma médica indiana

Marcela Rodrigues -

A verdade é que nenhuma maquiagem orgânica ou cosmético natural pode fazer tão bem a sua aparência quanto respirar corretamente, nutrir-se de prana (energia) e manter distância das toxinas . É o que eu acredito como entusiasta do slow beauty, como yogini e apaixonada pela ayurveda.

Eu comecei a me aproximar desse sistema milenar de medicina indiana anos atrás, pensando na alimentação. Eu já usava cosméticos naturais e fazia as minhas misturinhas caseiras quando entendi o quanto esta filosofia tinha sintonia com o estilo de vida natural que eu procurava e praticava cada vez mais. tem infinitos segredos de beleza que, em comum, resgatam a simplicidade dos rituais, respeitam a natureza e tratam da estética com gentileza. Faz um bom tempo que tenho colocado estes ensinamentos na minha rotina e percebido impacto na minha aparência.

E esta relação sintonia ficou ainda mais evidente pra mim depois que conheci médica Nisha Manikantan, que esteve no Brasil ano passado para um workshop neste tema.

beleza & ayurveda: autocuidado e equilíbrio

Na ocasião, para entender a proposta, ela sugeriu que os participantes refletissem sobre uma das mais populares expressões de elogios que conhecemos: pele do bebê.  “O bebê preserva a inocência, não se estressa. É uma beleza que, na verdade, vai além da pele, mas de uma expressão relaxada, de contentamento”, explica a indiana, consultora da marca de cuidados pessoais Sri Sri Ayurveda e da organização humanitária Arte de Viver.

Compartilho algumas das dicas que Nisha expôs em nosso encontro. Em comum, eles sugerem calma e  sintonia entre físico, mental e emocional:

Olhar brilhante e descansado

 “As pessoas enfraquecem a energia vital em frente ao computador e celular. O resultado é um olhar sem vida”, afirma Nisha. “Experimente, vez ou outra, lavar os olhos – literalmente”, foi isso mesmo o que ouvi e, assim com os outros participantes, fiz cara de: literalmente?! Sim, disse ela, aos risos.

Como fazer:  primeiro, encha a boca de água até inchar as bochechas (esse movimento dilata os nervos por trás dos olhos e potencializa a ação). Enquanto isso lave os olhos com água mineral ou filtrada fria. Somente depois cuspa a água.

Esta é clássica e popular aqui no ocidente: para desinchar olheiras após um dia cansativo, aplique sobre a região um pouco de  pepino triturado. “Ele tem ação adstringente.”

Pele radiante

Misture pó de feijão moyashi com iogurte natural até formar uma pasta. Adicione uma colher de mel e aplique na pele em movimentos circulares para remover células mortas e hidratar.

Sorriso saudável

Raspar a língua logo ao acordar é o primeiro ritual do dia para eliminar as  toxinas que se acumularam durante a noite (Pra mim e tão importante quanto escovar os dentes!!). Depois, faça um bochecho, de cinco a dez minutos, com uma colher de óleo vegetal de coco ou gergelim. Cuspa quanto terminar.

Respire, inspire

 Além da meditação diária Nisha recomenta alguns cuidados para que ambientes poluídos não atrapalhem o funcionamento do nosso corpo. Pela manhã, basta passar uma gotinha de óleo vegetal de gergelim ou ghee em cada narina.

óleo, muito óleo

Não tenha medo do óleo. Aqueça em banho maria e passe por todo o corpo dos pés à cabeça. Massageie e, somente depois tome banho sem esfregar a pele com sabão. Caso não dê tempo, passe um pouco no topo da cabeça, nas narinas, na entrada dos pulsos e na região do plexo solar (umbigo). O óleo nutre a pele, os órgãos internos e é essencial para quem vive em grandes centros com poluição sonora e auditiva. Óleos: sempre vegetais. O de gergelim é uma boa opção para todos os biotipos (doshas – constituição na qual a ayurveda divide cada indivíduo).

 

4 Comentários
  • Helena

    Responder

    Muito bem !
    Gostei muito . Acho maravilhoso as técnicas dos orientais 💙 pois trabalho com Massoterapia e gosto de agregar mais conhecimento 💗💙💛💝💝 gratidão 🔔🙏♥️

    • Marcela Rodrigues

      Oi, Helena. E, em comum,e estas técnicas ainda nos conectam com a cura da natureza.
      Bem-vinda.
      Um beijo,
      Marcela

  • Noemi

    Responder

    Que dicas maravilhosas. Gratidão por compartilhar!!

O que achou? Conte pra gente!